quarta-feira, 12 de julho de 2017

Cuidar das Borboletas



“Cuidar das Borboletas” apresenta o trabalho desenvolvido por agricultoras do assentamento Milton Santos e por produtores da região de Campinas e conta a história de Romeu Leite, fundador da Vila Yamaguishi Orgânicos, um dos maiores conhecedores do Brasil do processo de criação de galinhas em sistemas agroecológicos.

terça-feira, 11 de julho de 2017

domingo, 9 de julho de 2017

O Golpe do veneno no Brasil

Por Márcia Lia é deputada estadual pelo PT de São Paulo.
"A possibilidade de flexibilizar ainda mais o uso de agrotóxicos é uma decisão política que tem por base a extinção de todos os programas de distribuição de terra outrora bem-sucedidos. O plano é devolver para a elite do Brasil tudo que ela precisou compartilhar com os menos favorecidos: das cadeiras nas universidades as terras griladas, roubadas. O intento do governo Temer e seus aliados é criar um órgão que estará nas mãos das indústrias para regular o assunto – o que seria impensável em qualquer democracia! Querem reduzir nossa possibilidade de fiscalizar os impactos negativos que agrotóxicos geram a saúde tirando ou aparelhando a Anvisa e o Ibama na jogada. E é estrutural entender porque nós somos tão preocupados com esses químicos."
“A possibilidade de flexibilizar ainda mais o uso de agrotóxicos é uma decisão política que tem por base a extinção de todos os programas de distribuição de terra outrora bem-sucedidos. O plano é devolver para a elite do Brasil tudo que ela…
REVISTAFORUM.COM.BR

sábado, 8 de julho de 2017

Amazônia em perigo

"A Medida Provisória - MP 759, que dispõe sobre a regularização fundiária e urbana e sobre a regularização fundiária na Amazônia Legal, entre outras questões, aprovada no Senado e na Câmara dos Deputados, irá alterar, se sancionada pelo presidente Temer, uma dezena de leis do ponto de vista político e legal. Todas essas mudanças irão “piorar ou aprofundar a lógica de mercado, ou seja, liberar mais terras para a apropriação privada”, diz o sociólogo Sérgio Sauer"

RUMO A UMA AGRICULTURA DO MEDO?

Três mega-corporações controlarão, em breve, quase todo o comércio de sementes e agrotóxicos. Querem fundir-se com transnacionais de máquinas agrícolas e fertilizantes, para tentar liquidar a produção camponesa (na imagem, drone fumiga agrotóxicos em campo sem trabalhadores)
Por Silvia Ribeiro
Três mega-corporações já controlam as sementes e agrotóxicos. Querem fundir-se com transnacionais de máquinas e fertilizantes, para liquidar a produção camponesa
OUTRASPALAVRAS.NET

Uso de agrotóxicos pode levar à extinção de abelhas.

Estudos projetam para 2035 o ano da extinção das abelhas, se nada for feito para mudar o atual panorama mundial
JORNAL.USP.BR

terça-feira, 27 de junho de 2017

Povo Xipaya apoiado pelo Fundo Dema desenvolve projeto de segurança alimentar na aldeia Tukumã

‘Fortalecimento da economia e da segurança alimentar através do manejo sustentável do açaí nativo' na aldeia Tukumã da Etnia Xipaya/Município de Altamira-oeste paraense
Na contramão da violência social, cultural e ambiental pela qual vêm passando com a invasão dos chamados ‘grandes projetos’ na Amazônia, os indígenas Xipaya da aldeia Tukamã, localizada à margem esquerda do rio Iriri, em uma área de 178.624 hectares, situada na região da Terra do Meio, no sudoeste do Pará, tomaram a iniciativa de garantir o acesso a uma alimentação saudável, mantendo a harmoniosa relação com a natureza. Nativos da região a mais de 70 anos, estes indígenas foram diretamente impactados pelo empreendedorismo governamental. Porém, apesar de todos os problemas enfrentados passaram a desenvolver um projeto de amplo alcance social. #BemViver Saiba mais na nossa página: http://www.fundodema.org.br/…/por-meio-de-manejo-florestal-…

uturada pela empresa Norte Energia, e que deixou muito retrocesso aos povos da região. De acordo com Joilan, a experiência com a construção da hidrelétrica foi um colapso para os povos indígenas. As ações de mitigação…
FUNDODEMA.ORG.BR

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Brasil será denunciado na OEA por violar direitos dos povos indígenas.

"As denúncias à Comissão relatam os ataques no campo e o desmonte da Fundação Nacional do Índio (Funai). O país pode ser julgado e condenado pela Corte Interamericana de Direitos Humanos, já que é signatário e fundador da OEA."
Cerca de 28 organizações denunciam na Comissão Interamericana de Direitos Humanos os retrocessos nos direitos dos povos indígenas
OUTRASPALAVRAS.NET

O Agro não é Pop - as maldades da Bancada Ruralista

INTERESSES RURALISTAS  Nas últimas semanas, veículos de comunicação noticiaram a tramitação em alta velocidade de medidas de interesse da bancada ruralista no Congresso Nacional, em Brasília.
A agenda da maior bancada do Congresso - 220 deputados e 16 senadores - é um pacote extremamente pernicioso para o meio ambiente, povos e comunidades tradicionais, trabalhadores rurais, biodiversidade, segurança alimentar, soberania nacional, ou seja, para todos os/as brasileiros/as.

Em meio à grave crise política, Senado aprova mutilação de florestas no Pará